sexta-feira, 24 de julho de 2009

Contusões o maior fantasma e medo de um atleta

Praticamente quase todo garoto sonha em um dia ser um atleta profissional, mais especificamente um jogador de futebol. Fama, boa remuneração e muitos holofotes atraem garotos do mundo inteiro para essa profissão.
Mas nem só de sucessos e alegria, a profissão de jogador é feita, também existem suas decepções e frustrações e às vezes muitas dor. São os casos das contusões que muitos jogadores têm que conviver durante sua carreira, muitas delas até abreviando precocemente a carreira de um jogador ou atleta de quaisquer outros esportes.
Muitos atletas já sofreram com isso e tiveram suas carreiras abreviadas, cito aqui alguns deles: Tostão teve sua carreira abreviada precocemente por um deslocamento de retina sofrida por causa de uma bolada em uns de seus olhos; Reinaldo centroavante famoso do Atlético Mineiro no final dos anos 70 e inicio dos 80, teve sua carreira abreviada por seguidas contusões em seu joelho; Van Basten encerrou sua carreira precocemente devida às séries de contusões, em especial no seu calcanhar.
Esses foram alguns exemplos de jogadores que por motivo de contusões abandonaram suas carreiras futebolísticas. Nos últimos tempos os casos que mais ficaram famosos por contusões são o do atacante Ronaldo, que sofreu muito por causas de sérias lesões em seus dois joelhos, lutou, e lutou muito e conseguiu voltar aos gramados, o do jogador Pedrinho que no auge de sua carreira, faltando pouco para sua ida a copa de 98 sofreu uma séria lesão em seu joelho que lhe tirou da copa daquele ano, e nunca mais foi o mesmo craque que era antes da contusão.
Mais recentemente assistimos o sofrimento e a luta do goleiro São Paulino Rogério Ceni, para vencer uma fratura que lhe tirou dos gramados. Na noite de quarta-feira, vimos o sofrimento do goleiro Bosco substituto de Rogério, no Gol tricolor sofrer também por causas desse tormento que o atleta teme tanto. Depois de voltar também de uma contusão que lhe afastou dos gramados, o goleiro fazia sua segunda aparição no gol São Paulino, quando se chocou com o zagueiro e companheiro de clube André Dias sofrendo uma fratura na sua face.
Apesar da grande evolução da medicina esportiva, que nos dias atuais quase que recupera atletas em tempos recorde ainda sim as contusões são os maiores fantasma e medo de um atleta, que podem sofrer muitos com elas durante suas carreiras, tirando-os de competições importantes e de jogos decisivos, frustrando os sonhos de muitos.

7 comentários:

  1. Se Zico jogasse hoje em dia..........

    ResponderExcluir
  2. Verdade Deco,tinha sofrido bem menos com suas contusões.

    ResponderExcluir
  3. Não só ele né? Tem tantos craques que tiveram problemas "simples" e encerraram a carreira! Falo porque trabalho com Cirurgiões de joelho, os melhores! Comercializo implantes, acompanho cirrugias e sei como é uma artroscopia, uma reconstrução de Ligamento e etc..... Hoje existem técnicas avançadas, materiais absorvíveis, os Cirugiões fazem inúmeros treinamentos e se especializam cada vez mais!

    ResponderExcluir
  4. Sim Deco,muitos outros,iria se benefeciar com as tecnicas e a evolução que medecina esportiva deu aos longos dos tempos.O propio Reinaldo que citei no texto seria uns desses,e muitos outros atletas.

    ResponderExcluir
  5. Ronaldo é a prova da medicina "moderna", porque se fosse antigamente, ele já teria parado de jogar bola desde a primeira lesão! Parabéns pelo blog. E valeu por ter passado no meu. Abraço

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelo amigo do FutPortal,pela visita e comentario.Verdade mesmo o Ronaldo se fose em outras époas já teria aboandonado o futebol.

    ResponderExcluir
  7. Cara, imagina se o Reinaldo nao tivesse parado.. tinha feito 2000 gols

    ResponderExcluir

TABELA Brasileirão 2013

Tabela gerada por Central Brasileirão
Loading...

Globoesporte.com: Notícias, Vídeos, Tabela de Jogos e tudo sobre seu Time de Futebol